03/10/2016 0 Comments AUTHOR: Ilma Vieira Silva CATEGORIES: Mulher Tags:,

ATÉ QUE A DÍVIDA NOS SEPARE

Um dos maiores campos de batalha no relacionamento familiar diz respeito ao dinheiro. É um dos fatores que mais contribui para as brigas, frustrações e preocupações no lar.

A família cristã que conhece os princípios de Deus sobre finanças e que coloca Cristo como o Senhor de suas vidas precisa saber usar o dinheiro e não ser usada por ele.

ALGUMAS ATITUDES ERRADAS

  • A atitude de contas separadas: minha – sua.
  • A atitude de comandante.
  • A atitude de comprar amor.
  • A atitude de economizar para a hora do aperto.
  • A atitude “deixa que eu pago”.

QUATRO PERIGOS

  • Querer ficar rico rápido demais.
  • Seguir os padrões financeiros do seu vizinho ou da sociedade.
  • Comprar coisas desnecessárias.
  • Comprar a prazo.

ALGUMAS ATITUDES CORRETAS

  • A atitude básica que todo cristão precisa desenvolver é que tudo que ele tem, todas as suas posses pertencem ao Senhor.
  • A segunda atitude bíblica sobre finanças é estabelecer um sistema de valores baseado na Palavra de deus.
  • A terceira atitude correta é não fazer distinção entre o sagrado e o secular.
  • A quarta atitude correta positiva que devemos desenvolver é que o dinheiro não é mau em si.
  • A quinta atitude: o crente é administrador das coisas de Deus

COMO SAIR DAS DÍVIDAS

  • Reconheça que não é da vontade de Deus estar alguém afundado em dívidas Sl.37:21; Rm.13:8; Pr.22:7.
  1. Procure sair a dívida. Muitas pessoas sinceramente gostariam de estar livres financeiramente, mas parece tão difícil. É preciso que haja um compromisso entre o casal. Comecem entregando  o problema a Deus. Esteja disposto a passar alguns meses, até mesmo anos, bem magros. Uma das maiores dificuldades decorre do fato de já termos desenvolvido hábitos maus em relação a compras. É como um apetite que precisa ser satisfeito. Submeta-se a disciplina do Senhor.
  2. Estabeleça prioridades nas compras. Adquira somente as coisas absolutamente necessárias, mesmo que seja preciso apenas comer arroz e feijão ou usar roupas fora da moda e sapatos velhos. Jogue fora o seu orgulho. Faça um plano para pagar o mais rápido possível as suas dívidas. Não esqueça de falar de sua família sobre seus propósitos. A vantagem de deixar os familiares a par de toda a situação e intenção é que eles poderão acompanha-lo no processo, aprendendo as lições juntamente com você e também desfrutando as bênçãos e vitórias. Não tome dinheiro emprestado, a não ser em casos de emergência.
  3. Seja honesto em seus negócios, pagando a César o que lhe é devido. Seja fiel também a Deus. Deus quer que contribuamos não somente quando é fácil, mas também nas horas difíceis.
  4. Faça um orçamento familiar. O marido e a empresa devem fazê-lo juntos.

Você gostaria de colocar o caos em ordem? Isso exigirá disciplina, perseverança e sacrifício de sua parte e de sua família. Vale a pena, porém, ter liberdade financeira.

Durante o processo para se livrar da dívida, lembre-se destes princípios:

  • a – Deus é capaz de suprir todas as suas necessidades na hora certa. Em Filipenses 4:19, Paulo nos diz: “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de nossas necessidades”. Essa promessa foi feita aos filipenses, depois de terem contribuído sacrificialmente para o suprimento da necessidade de Paulo.
  • b – Deus quer que você seja liberal em dar para sua obra. Eu não conheço um versículo que transmita conceito mais penetrante do que Provérbios 11:24-25: “A quem liberalmente ainda se lhe acrescenta mais e mais; ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda. A alma generosa prosperará”. Se você quer saber mais como dar e quais as atitudes que devemos ter, estude cuidadosamente II Co.8 e 9.
  • c – Trabalhe diligentemente: “Em todo trabalho há proveito; meras palavras, porém, levam a penúria” ( Pv.14:23). Deus abençoou o trabalho. “No princípio criou Deus…” Tenho encontrado pessoas com sérios problemas financeiros porque são preguiçosas.
  • d – Tome cuidado em ficar como fiador de alguém (Pv.11:15; 20:16). Deus não está proibindo ninguém de ser fiador. O que está dizendo é que devemos estar preparados financeiramente para perder até a nossa camisa.

Pare agora e pense sobre a situação financeira. Será que alguns dos seus problemas atuais não tem a raiz no mau uso do dinheiro? O dinheiro pode causar muita bagunça ou trazer muitas bênçãos para a família. “Tudo vai depender de sua disposição em obedecer aos princípios de Deus.

Que o Senhor dê forças e sabedoria a você para começar hoje a aceitar esta área da sua vida conjugal e desfrutar de suas bênçãos.

 

(Resumo do cap. 11 do livro de Jaime Kemp – “Sua família pode ser  Melhor”)

Could not resolve host: urls.api.twitter.com