COMO? O QUE? PARA QUE? 1. Rogo-vos, pois, eu, o preso do Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, 2. Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor, 3. Procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 4. Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; 5. Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; 6. Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós. 7. Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo. 8. Por isso diz:Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro,e deu dons aos homens. 9. Ora, isto—ele subiu—que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra? 10. Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas. 11. E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, 12. Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; 13. Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, 14. Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. 15. Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, 16. Do qual todo o corpo, bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, faz o aumento do corpo, para sua edificação em amor. Efésios 4:1-16
01/05/2016 0 Comments AUTHOR: Ilma Vieira Silva CATEGORIES: Vida Cristã

COMO? O QUE? PARA QUE? Ef 4:1-16

I – Como andar?

1.”Andeis como é digno da vocação com que fostes chamado” v1. Vida exemplar de modo que o mundo não possa negar que somos filhos de Deus.

.Humildade – v2

.Mansidão

. Longanimidade – Bondade duradoura

.Suportando-vos uns aos outros em amor. Somos diferentes uns dos outros, temos percepções diferentes, não nos conhecemos devidamente e a nossa comunicação é falha.

II – O que guardar?

1.A unidade do Espírito pelo vínculo da paz.

.A unidade dos sete elementos que formam os alicerces do cristianismo  apela para uma unidade correspondente entre aqueles que confiam nesse fundamento. Todos pertencem ao corpo tem o mesmo Senhor e são filhos do mesmo Pai – Soberania providência e  graça e Deus.

.Um só Espírito v4

. Um só Corpo

. Uma só Esperança

. Um só Senhor v5

.Uma só fé

.Um só Batismo

.Um só Deus v6

2.A graça foi dada individualmente v7-8

.O grupo

.O individuo (diferenças individuais)

.Conhecimento de si mesmo

.Conhecimento do outro (para poderem suportar em amor)

.Dons individuais – v11 (a cada um)

III – Para que?

1.Para o aperfeiçoamento…v12

2.PARA A UNIDADE DA FÉ V13

3.Para o conhecimento do Filho de Deus

4.Para a medida da estatura completa de Cristo

5.Para deixar de ser meninos(maturidade espiritual)v14

6.Para seguir a verdade em amor

7.Para crescer em tudo – Em Cristo

8.Para edificação do corpo de Cristo

Unidade de estrutura do corpo inteiro e variedade e função das suas partes são os requisitos para o crescimento: isso pode ser dito em duas palavras: amor e responsabilidade.

Cada um – todo membro da igreja tem uma função a desempenhar para o bem do corpo toda a responsabilidade e poder são recebidos de cristo que concede os dons à igreja para seu aperfeiçoamento que resulta em crescimento em nós: Varonilidade (enérgico, forte, heroico) – firmeza na doutrina.

Could not resolve host: urls.api.twitter.com