Comunhão é alguma coisa em comum. O boi e o jumento não podem estar sob o mesmo jugo porque não tem nada em comum. Cristo é o centro da nossa comunhão. Todos olhando para Jesus . Se todos o adoram, estamos em comunhão e Jesus Cristo é a coisa comum. - At.2:41-47 e 4:32-37
03/05/2016 0 Comments AUTHOR: Ilma Vieira Silva CATEGORIES: Vida Cristã Tags:, , , , , ,

COMUNHÃO At.2:41-47 e 4:32-37

Comunhão é alguma coisa em comum.

O boi e o jumento não podem estar sob o mesmo jugo porque não tem nada em comum.

Cristo é o centro da nossa comunhão. Todos olhando para Jesus . Se todos o adoram, estamos em comunhão e Jesus Cristo é a coisa comum.

  1. COMUNHÃO DOS CRENTES ENTRE SI – Se há um exemplo de igreja comum, temos a igreja de Jerusalém porque lá tudo é comum. Deve haver comunidade entre os membros. A comunhão entre a igreja de Jerusalém era perfeita.
  2. COMO CULTIVAR A COMUNHÃO? – é Pessoal, mas deve haver uma coisa ou um pensamento central. Deus precisa e oferece alguma coisa para nossa comunhão. Ele tem seus meios de comunhão.
  3. PALAVRA – Os crentes perseveravam unânimes, isto é, como um só, quando as mentes estão unidas, os corações estão unidos. Se estamos crentes e salvos, alguma coisa nos uniu. Mas todos o que ouviram Pedro, perseveravam unanimemente em oração. A Palavra é um elemento poderoso da comunhão da palavra. A EBD é um lugar onde todo crente deve está.
  4. ORAÇÃO – A oração é mais que um meio do homem comunicar-se com Deus. Se dois de nós concordarmos a respeito de alguma coisa, então obteremos esta coisa de Deus. Devemos dobrar os joelhos, orar e pedir a Deus. Não precisamos de imagens porque nosso Deus que está em secreto pode ver nossos corações. Ele é invisível mas real.
  5. AO REDOR DA MESA DO SENHOR – À mesa é uma hora de comunhão da família, o pai sente-se alegre quando ver a família ao redor da mesa. O apóstolo Paulo diz que comemos do mesmo Pão. Nosso Pão é Jesus Cristo. Na Colômbia converteu-se uma mocinha que pela primeira vez foi tomar parte da Ceia. Estava muito alegre pela atmosfera de amor. Sentou-se à mesa, comeu o Pão. Depois o Pastor perguntou: “ Alguém na Assembléia ficou sem o pão? “ ela respondeu: “ Há milhares e milhares que não tem essa comunhão”. Que comunhão agradável em Jesus Cristo. Todos comiam com singeleza de coração.
  6. COMUNHÃO DE BENS – A lei Brasileira oferece aos cônjuges duas oportunidades: Casar com comunhão de bens ou separação de bens. ( explicação). Na igreja, quando o homem se ajusta com Deus, ele é associado com Cristo, e é representado pelo dízimo. A igreja de Jerusalém reconheceu esse fato. Tudo era comum. Que grande é a causa que nós temos! Temos grande responsabilidade para com a causa de Deus. Ela carece de nossa comunhão a ela para sustento de missões. Tudo é do Senhor, somos mordomos.
  7. COMUNHÃO DO LOUVOR – Temos um hinário com hinos admiráveis para cantar. Fomos salvos para louvar: quando fomos salvos, tivemos em nossas bocas hinos de louvor. A comunhão de louvor não só quando mencionamos as palavras mas quando nosso espírito canta! As vezes dizemos que não temos voz. Ao cantar com coração até o desentoado entoa. Poderemos cantar mesmo quando nossos lábios não se movem, mas cantar com coração.

Quando ouvimos o ruflar dos tambores ao cantar hino patriótico, podemos sentir no nosso coração. Se um se levanta, todos levantam, e ao ouvirmos o hino de Deus  podemos sentir o mesmo, mesmo não mexendo com os lábios, mas com o coração. Dois homens dormindo não comungam, mesmo na mesma cama. Duas pessoas na mesma casa trabalhando, comungam. Uma multidão na igreja distribuindo folhetos, evangelhos, etc.. comungam.

A igreja de Deus precisa ser ativa e trabalhar como a igreja de Jerusalém

Could not resolve host: urls.api.twitter.com