Hoje eu consigo enfrentar as palavras de Cristo: “Não me visitastes”. Como dói, como machuca, como é triste a solidão e a indiferença neste Lar das velhinhas. E eu estou aqui!!!

Read More