16/04/2016 0 Comments AUTHOR: Ilma Vieira Silva CATEGORIES: Jovem, Vida Cristã

VALORIZANDO A NOVA GERAÇÃO

Deut.6:5-9 – “Amarás pois o Senhor teu deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu poder. E estas  palavras  que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as intimarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão e te serão por testeiras entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais da tua casa, e nas tuas portas”

Dt. 4:20 – “Mas o Senhor vos tirou do forno de ferro do Egito, para que lhe sejais por povo HEREDITÁRIO como se vê nesse dia”.

Onde aprendemos estes princípios? Na Palavra de Deus.

                                        PROBLEMAS DA NOVA GERAÇÃO

O tema da CBB para este ano foi “valorizando a nova geração”.

Qual é a nova geração? Estamos considerando  que a NG são nossos bebês,nossas crianças, nossos netos, sobrinhos, adolescentes e jovens, ou estamos pensando em outros?

Para mim a NG são os recém-nascidos, crianças, joias de hoje, pedras preciosas do amanhã. Esta é a NG, já pensaram nisso?

Que valores estamos transmitindo aos  nossos nenês, crianças, adolescentes e jovens com quem estamos convivendo?

Qual a qualidade e a quantidade de tempo que estamos oferecendo aos nossos filhos no lar?

Sabiamente o Rei Salomão  nos falou em Pr. 22:6: “Instrui o menino no caminho em que deve seguir e te quando envelhecer não se desviará dele”. Que tempo estamos usando para orientar nossas crianças no CAMINHO?

As nossas ocupações diárias, os compromissos que assumimos durante o desenvolvimento das suas vidas, as preocupações com as dificuldades que nós próprios nos defrontamos para suprir as necessidades da família nos tiram o tempo de conviver com nossos filhos, que são a futura geração.

Crianças precisam conviver mais com o amor dos pais para que se tornem amorosos,, confiantes em si mesmos, que desenvolvam seu potencial que Deus lhes concedeu para que sejam bênçãos no mundo.

Que VALORES estamos ensinando à essa geração que estamos formando, para enfrentarem as investidas de satanás  fora do lar?

Que palavras estamos ensinando a eles para que respondam com sabedoria divina às interrogações que o mundo lhes vai fazer?

Nós, pais, professores cristãos somos  o exemplo e o modelo que eles veem todos os dias em casa e na escola, onde estão aprendendo a linguagem cristã, a formação que precisam ter para enfrentar as investidas satânicas da geração atual.

Pais e professores são modelos, servem de espelho para que as nossas crianças nos olhem como exemplos que elas devem imitar.

Estamos vivendo num mundo  de mudanças  tão rápidas que nós, os mais velhos não temos possibilidade de acompanhar. A cada dia recebemos novos modelos de telefone, que para mim é difícil para manusear. Os mais jovens tem facilidade de aprender todos os truques novos que estão surgindo a cada dia.

Fico impressionada  como crianças de 6 anos têm facilidade de mandar torpedos, baixar músicas, jogos e até fotos  em aparelhos cada vez mais sofisticados, inclusive, alguns aparelhos tem a Bíblia completa e até GPS, que nos ajudam a encontrar caminhos e ruas novas em qualquer  cidade.  Nós, os mais velhos, estamos ficando para trás dessa nova geração…

E a TV? Naturalmente ela tem seu valor. Podemos acompanhar as notícias do mundo na mesma hora em que acontecem no outro lado da terra. Por exemplo, a votação da escolha do novo PAPA. As grandes desgraças, terremotos, desabamentos, enchentes, tsunamis,  ameaças de guerra, queda de meteoro, como ocorreu há pouco na Russia, etc.  são problemas que  tomamos conhecimento na mesma hora em que acontecem. A TV tem suas vantagens também, por ela tomamos conhecimento das novas descobertas científicas, novos tratamentos para doenças antes incuráveis, e outros progressos da ciência, que poderão ajudar a nova geração a ter uma vida melhor no futuro.

Os pais tem que ter sabedoria de Deus para ajudar seus filhos na escolha do que vão assistir na TV, é claro que eles não estão vendo o que nós adultos estamos assistindo, pois em cada família, hoje em dia existe um aparelho de TV em cada quarto e quando os filhos estão sozinhos eles escolhem o que querem ver e os pais precisam estar atentos ao tipo de programa que atrai o seu filho.

As novelas trazem grande mal às familias, conflitos, desajustamentos, separações, divórcios, etc., sem contar com as mensagens subliminares transmitidas pelos anúncios.

Todos sabemos da facilidade com que as noticias sobre pedofilia, homossexualismo, sexo explícito e drogas são passadas na  internet e facilmente alcançadas pelos nossos jovens.  Existem muitos programas perniciosos  que prejudicam  a moral e os costumes de nossas famílias, estão aí as novelas, o Big Brother e se estes programas são ruins para nós adultos, inda mais  para crianças e jovens em formação, e  outros  mais que só tiram a espiritualidade da família e prejudicam o tempo da convivência entre pais e filhos.

Tenho muita dificuldade com as novidades que surgem a cada dia. Muito mal digito o computador e só sei atender o meu celularzinho, tão humilde que quase não sei usar… Não sei mandar torpedos nem ler as mensagens que me enviam…

Tenho duas netinhas – uma com sete e outra com l0 anos – Luisa e Leticia. Elas entendem tudo de novas tecnologias Pedi a Leticia –  que tem vários aparelhos, escrever para mim  sobre essa nova tecnologia para que eu entendesse  alguma coisa, e vejam, o que uma menina de 10 anos escreveu , graças a Deus que elas tem pais que acompanham, seu desenvolvimento intelectual e  orientam no uso da nova tecnologia , eis o que ela escreveu:

“Estamos em uma geração moderna, como por exemplo: iPod, Ipad, Iphone. Com o Ipad podemos nos comunicar com outras pessoas através de vídeos e mensagens; podemos baixar aplicativos como “Face-book”e “Instagram”, tirar fotos e gravar vídeos e compartilhar momentos maravilhosos com os amigos e a família. Como também, com  o Iphone podemos fazer as mesmas coisas e também usar como um telefone celular. Apesar desses aparelhos serem muito interessantes, eles podem nos prejudicar: ficando  muito tempo no “face-book”, assim esquecendo de nossas vidas. E postando muitas coisas sobre nossas vidas podemos dar chance para bandidos. Os adultos contribuem visualizando o que seus filhos estão vendo, postando e compartilhando com seus filhos experiências da vida.  Isso contribui para a formação de uma criança.  Então quer dizer, na minha opinião, vale a pena ter um desses aparelhos.  Eu tenho três, e acho ótimo”

Isso é o que pensa uma menina de 10 anos…

Há grande necessidade de os pais esclarecerem  os filhos sobre o uso desses aparelhos com as informações que as crianças fornecem para outras pessoas: como nome, idade, nomes dos pais, endereço, telefone, etc, e o uso que pessoas perigosas podem fazer com esses dados. Que inocentemente as crianças fazem por diversão. Mas muitos casos de pedofilia, homossexualismo, sequestros relâmpagos e crimes sexuais acontecem porque pessoas maldosas utilizam essas informações que captam de “faces-books” para  planejar grandes crimes.  Deus proteja essa nova geração. Pais devem ficar atentos para as informações que seus filhos passam através desses aparelhos.

Nessas modernas redes de comunicação a disseminação do uso de drogas, cracs, entorpecentes e outros elementos destruidores do corpo humano, estão a cada dia esvaziando mais e mais  as nossas igrejas, acabando  com a nossa juventude pela qual Jesus morreu.

De modo geral os adolescentes gostam de contar novidades e muitas vezes exageram no conteúdo de suas mensagens, nem sempre verdadeiras, e na simplicidade  das comunicações passam informações de suas famílias que outras pessoas leem e podem aproveitar destas informações e causar grandes prejuizos às famílias. Por isso, toda a vigilância é pouca naquilo que nossos jovens e adolescentes recebem e transmitem para seus colegas.

Sabemos que só o poder de Deus pode acabar com todo o mal que essa tecnologia tem feito aos nossos jovens. Ainda poderíamos citar as revistas perniciosas que são vendidas em qualquer banca de jornais, que induzem os jovens a práticas perniciosas que Deus abomina, e que muitas vezes os pais nem tomam conhecimento.

Um dos problemas que considero de grande relevância é  o problema do namoro e da vida sexual dos nossos adolescentes cristãos. Com alguns  programas de TV apresentando cenas excitantes com meninas quase sem roupa, desvalorizando o próprio corpo, só ajudam os jovens a se tornarem impuros, e a Bíblia recomenda em 1Tm.5:22 “Conserva-te a ti mesmo puro” e em 2 Tm. 2:22: “Foge também dos desejos da mocidade e segue a justiça, a fé, a caridade e a paz, com os que com o coração puro invocam o Senhor”.

Há algum tempo houve uma campanha nos EEUU que veio até o Brasil sobre o tema: “Quem ama espera”. Sei que surtiu algum  efeito, pois alguns jovens, inclusive no Brasil, adotaram esse lema para suas próprias vidas. Mas as boas campanhas são logo esquecidas, e hoje em dia quase não se fala mais nisso. É um erro das nossas  igrejas não abordarem assuntos como o sexo antes do casamento. Muitos problemas seriam evitados se os  jovens lessem e obedecessem a Palavra de Deus e fossem alertados sobre as consequências desse comportamento.

A falta de valorização da juventude hoje começa nos lares. Vamos ler novamente Dt.6:5-9: “Amarás pois o senhor teu Deus de todo o teu  coração, e de toda a tua alma e de todo o teu poder.  E estas palavras que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as intimarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão e te serão por testeiras entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais da tua casa e nas tuas portas”.

Dt. 4:20: “Mas o Senhor vos tirou do forno de ferro do Egito, para que lhe sejais por povo HEREDITÁRIO como se vê neste dia”. Poderíamos parar um pouco e pensar no que Deus quer dizer quando fala num povo HEREDITÁRIO. Isto quer dizer que somos herdeiros de Deus, temos o seu DNA, somos sua “raça”, somos herança de Deus, e por que deixar passar esta grande bênção? E vamos passando  para nossos filhos e todos os nossos descendentes essa herança.

E por que nos esquecemos que somos herdeiros de Deus deixamos de fazer Sua vontade e n os afastamos dos seus caminhos… E acabamos descobrindo  por que os jovens estão deixando as igrejas. Por que existem poucos interessados em ingressar  em nossos Seminários? Por que as Igrejas estão “crescendo” ou “diminuindo” na doutrina bíblica?  Por que os pais  mandam as

Crianças para a EBD e eles mesmos não vão? Por que as pregações de muitos pastores são vazias, sem a atuação do Espírito Santo? Por que não buscamos mais a Deus como antigamente? Por que as nossas Bíblias criam “mofo” porque não são usadas?

Que falta faz a Palavra de Deus em nossos lares! Foi-se o tempo  em que o culto doméstico era feito todos os dias… embora, muitos lares ainda continuem com  esta prática, o que é muito louvável e proveitoso, mas na grande maioria dos lares e o tempo está curto demais Mara o culto doméstico..

Infelizmente estamos nos esquecendo que somos hereditariedade de Deus…

Hoje em dia, muitos pais dão mais valor à frequência de clubes, passeios, praia, etc, esquecendo-se que o domingo é  o  dia do Senhor e o lugar das crianças e dos pais é na Igreja.

Pela falta de observância da Palavra de Deus “novas doutrinas ou “heresias” estão  se tornando comuns com pregadores “modernos” e com novos ensinamentos que incentivam os jovens a deixarem a Igreja.

Atualmente até as músicas estão mudando nas igrejas Os hinos do CC e do HCC estão sendo trocados por “corinhos” que não trazem nenhuma mensagem sobre Jesus o Salvador, com o uso de “Bandas” que só fazem muito barulho impedindo até que se ouça a mensagem que o grupo canta, abafando até o som dos microfones.

Tudo bem, que os jovens apreciem outros estilos de músicas, mas deveriam ter um cuidado especial com as mensagens que estão transmitindo para os ouvintes…

As famílias devem colocar seus joelhos em terra para rogar a Deus por vocações de verdadeiros obreiros verdadeiramente vocacionados  para a obra de Deus, para Seminários e Escola de Missões para que os jovens fossem mais valorizados para fazerem a obra de  Deus para melhor atenderem ao “IDE” de Jesus.Só o amor de Deus e o nosso amor pelas almas perdidas farão com que a ordem “IDE E PREGAI e fazei discípulos” abreviará a vinda de Jesus.

Quem acompanha o trabalho realizado por Missões Nacionais, Mundiais, estaduais, etc. pode perceber claramente que na missão que Jesus nos entregou no “IDE” está a verdadeira valorização não somente da Nova Geração; mas de TODA a geração, pois somos herdeiros da ordem que Ele nos deixou e somos co-responsáveis pela abreviação da vinda de Jesus o nosso Salvador.

Oremos pelos  nossos missionários;

Oremos pelos nossos pastores;

Oremos pelas  nossas Igrejas;

Oremos pelos nossos  jovens para que sejam valorizados nessa nova geração;

Oremos pelos nossos lares;

Para concluir nosso estudo trouxe para os irmãos o resultado de algumas entrevistas que fiz com  jovens a respeito do que eles consideram como “valorização”e o podemos fazer papra valorizar ia nova geração. Eis algumas respostas:

Famílias e Igrejas deveriam incentivar mais congressos para a juventude;

Procurar descobrir talentos na juventude evangélica e divulgar os sucessos descobertos, premiações, etc.

Descobrir oportunidades de trabalho para os que precisam trabalhar;

Descobrir e despertar vocações;

Incentivar e organizar mais eventos  com palestras, retiros e congressos para a adolescência;

Promover na Igreja  reuniões onde os adolescentes pudessem discutir assuntos da própria idade;

Promover, na Igreja, reuniões sociais onde os adolescentes possam trazer colegas da escola para ouvirem a Palavra de Deus e assuntos relacionados com a vida social deles;

Os jovens sentem necessidade e se sentirão mais valorizados quando houver mais diálogo com os pais e também na igreja.

Sentem que a Igreja precisa criar momentos de confraternização com os adolescentes e seus amigos de fora da igreja;

Os jovens sentem necessidade de viagens, intercâmbios, passeios a outras cidades para conhecerem o trabalho que é feito com jovens de outras igrejas.

Também alguns disseram que gostariam de ouvir palestras sobre drogas, namoro e sexualidade;

Gostariam, também de ouvir histórias sobre os adolescentes na Bíblia

Oremos por essa NOVA GERAÇÃO.

Could not resolve host: urls.api.twitter.com